Nem demais, nem de menos

Esta foi uma semana especial para quem tem filhos em idade escolar. Os últimos dias de fevereiro trazem consigo o final das férias e o início do ano letivo na maioria das escolas. Este período costuma ser repleto de ansiedade e expectativa, principalmente quando a criança inicia um novo ciclo, numa escola nova, que é o que estamos vivendo aqui em casa,  já que Luca Toni está entrando no primeiro ano do ensino fundamental. As providências a serem tomadas nesta nova etapa são muitas – lista de materiais, uniforme, mochila, lancheira, reunião geral de pais, reunião com as professoras – até a chegada do tão aguardado primeiro dia de aula.

Luca Toni estava ansioso, não queria chegar atrasado. Subiu as escadas, ao lado da professora, sendo um dos primeiros a entrar na sala de aula. Depois que todos entraram acompanhados de seus pais e mães, as professoras propuseram uma atividade de apresentação. As crianças ganharam uma folha de papel e um envelope com letras suficientes para formar duas palavras: o próprio nome e uma característica pessoal (esta característica tinha que iniciar com a primeira letra do nome da criança e foi dada pelos pais na reunião do dia anterior). A tarefa era colar as letras no papel, formando as palavras solicitadas. Depois disso, cada criança tinha que dizer seu nome e a característica que lhe era peculiar.

Algumas falavam em alto e bom som, outras ficavam envergonhadas. Muitas não lembravam de suas qualidades e precisavam de um cochicho dos pais ao pé do ouvido para divulgarem seus adjetivos, que eram muitos, todos, é claro, evidenciando boas características do comportamento dos pequenos: inteligentes, gentis, honestos, criativos, determinados. Uma boa relação de qualidades a serem ditas para um gerente de RH, na sua próxima entrevista de emprego.

A vez do Luca Toni estava chegando. Sentada ao lado dele, a menininha apresentou-se e disse que sua característica era ser educada. A professora, no intuito de promover maior interação, reforçou a pergunta:

-E tu és educada mesmo?

Ela, apertando as mãozinhas, com os olhinhos arregalados e balançando a cabeça, respondeu:

-Sim!

Na sequência, a professora dirige o olhar para Luca Toni e pergunta:

-E tu? – querendo dar continuidade às apresentações.

Ele, sem pestanejar, responde:

-Mais ou menos! – entendendo que a pergunta era sobre ele ser educado ou não.

Esta cena, que marcou o primeiro dia de aula do Luca Toni, me fez refletir sobre a educação sob o ponto de vista dos pais e da criança. Como nós, pais e mães, entendemos que os filhos devam ser educados? Como os filhos percebem a educação dada pelos pais e o que realmente fica de aprendizado? A educação não pode se reduzir a um conjunto de ordens e de regras que devem ser seguidas diariamente. Não é só insistir para tomar banho, brigar para guardar os brinquedos, esbravejar por causa da tampa do vaso aberta ou se irritar quando a criança não come. Em nome da ordem e dos bons costumes e para evitar o caos da vida cotidiana, muitos pais entendem que filhos educados são aqueles que cumprem regras e tem um comportamento exemplar em frente outras pessoas. Que me desculpe a Super Nany, mas ser “educado”demais é chato e faz com que a naturalidade, autenticidade e simplicidade da criança se perca, para dar lugar ao comportamento forçado de um mini-adulto inseguro e com pouca autonomia.

Fiquei pensando se a resposta dele foi porque ele sente falta de regras ou se foi porque ele tem uma auto-critica bem desenvolvida. Não sei se estou fazendo certo ou errado, mas tento educá-lo para que ele seja uma boa pessoa. E pessoas boas às vezes deixam a tampa do vaso aberta ou não gostam de brócolis, mas nunca perdem seu tempo tentando provar que são boas.

Depois do ocorrido e se dando conta da gafe, ele também achou graça e falou:

-Meu nome é Luca Toni. Minha característica: leve.

Leveza na resposta. Leveza na educação. Nem demais, nem de menos.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s